Procurar obter resultados de investimento
com fatores

As ideias subjacentes aos fatores não são novas. Mas o seu uso está a ser potencializado por tratamento de dados e tecnologia.

O que são fatores?

Os fatores constituem a base de uma carteira – são as forças que têm gerado rendimentos de ações, obrigações e outros ativos. Hoje em dia o investimento em fatores tem em conta os avanços atuais tanto em termos de tratamento de informação como de tecnologia, para deliberadamente encontrar estes fatores de rendimentos e incorporar nas diferentes carteiras. Compreender como os fatores funcionam pode ajudá-lo a ter a noção do seu potencial para uma rentabilidade superior e um risco mais reduzido, precisamente como os principais investidores institucionais e gestores de fundos ativos têm vindo a fazer há décadas.

Tipos de fatores

Existem dois tipos principais de fatores que condicionam os resultados: os fatores macroeconómicos, que têm em conta os riscos alargados nas classes de ativos; e os fatores de estilo, que ajudam a explicar os rendimentos e riscos nas classes de ativos.

Para mais informações, deslize o rato sobre cada fator.

Factor Investing: Outer image
Factor Investing: Inner image

VALOR

Ações descontadas por referência aos seus fundamentos

CRESCIMENTO ECONÓMICO

Exposição ao ciclo económico

VOLATILIDADE MÍNIMA

Ações estáveis, de menor risco

MOMENTO

Ações com tendências ascendentes de preço

QUALIDADE

Empresas financeiramente saudáveis

TAMANHO

Empresas mais pequenas, de
elevado crescimento

CUPÃO

Incentivo de rendimento detendo emissões
com maior risco

TAXAS REAIS

O risco de alterações nas taxas de juros

INFLAÇÃO

Exposição a alterações nos preços

CRÉDITO

Risco de incumprimento decorrente
de concessões de empréstimos a empresas

MERCADOS EMERGENTES

Riscos políticos e soberanos

LIQUIDEZ

Posse de ativos ilíquidos

VALOR
MOMENTO
VOLATILIDADE MÍNIMA
QUALIDADE
TAMANHO
CUPÃO
CRESCIMENTO ECONÓMICO
TAXAS REAIS
INFLAÇÃO
CRÉDITO
MERCADOS EMERGENTES
LIQUIDEZ
ESTILO
VALUE
VALOR
Ações com desconto em relação aos seus fundamentos
MOMENTUM
MOMENTO
Ações com tendências ascendentes de preço
QUALITY
QUALIDADE
Empresas financeiramente saudáveis
MINIMUM VOLATILITY
VOLATILIDADE MÍNIMA
Ações estáveis, de menor risco
SIZE
TAMANHO
Empresas menores, de alto crescimento
Carry
CUPÃO
Incentivo de rendimento detendo emissões com maior risco
MACROECONÓMICO
CRESCIMENTO ECONÓMICO
CRESCIMENTO ECONÓMICO
Exposição ao ciclo económico
TAXAS REAIS
TAXAS REAIS
O risco de movimentos da taxa de juros
INFLAÇÃO
INFLAÇÃO
Exposição a alterações de preços
Credit
CRÉDITO
Risco de inadimplência ao emprestar para empresas
MERCADOS EMERGENTES
MERCADOS EMERGENTES
Riscos políticos e soberanos
LIQUIDEZ
LIQUIDEZ
Posse de ativos ilíquidos

 

De um modo geral, os fatores apresentaram correlações pouco expressivas entre si, e tendencialmente tiveram um bom desempenho em diferentes partes do ciclo económico.

 


Porquê investir em fatores

Há décadas que os investidores institucionais e gestores ativos utilizam fatores para gerir carteiras. Atualmente, o tratamento de dados e a tecnologia têm democratizado o investimento de modo a proporcionar acesso, a todos os investidores, a estes fatores de rendimento historicamente persistentes.

O investimento em fatores é o caminho rumo ao futuro. Trata-se de capacitar os investidores no sentido de deliberada e diretamente acederem a ideias que os ajudem a alcançar os seus objetivos financeiros.
Andrew Ang

Os fatores podem ajudar a cumprir os objetivos das carteiras

Procurar um melhor desempenho
Determinadas estratégias fatores podem ajudar a obter rendimentos superiores aos rendimentos do mercado.
As estratégias de mínima volatilidade estão direcionadas para um risco inferior ao risco do mercado.
A afetação a fatores macro permite
que os investidores procurem uma maior diversificação da carteira.

Como aceder a fatores

A BlackRock oferece um leque de soluções concebidas para tirar partido do potencial dos fatores - de ETF de smart beta eficientes, de smart beta a estratégias otimizadas de fatores e geridas de forma dinâmica.

Perspetiva do Andrew: Contar a história do fator
Já teve dificuldade em introduzir o conceito de investimento em fatores? Veja o vídeo e conte uma história.
Leia mais Leia mais