O que preciso saber sobre inflação?

A inflação é um risco de investimento importante e um pouco previsível. Compreender a inflação irá ajudá-lo a construir uma carteira que ganha o real crescimento de investimento de que precisa para financiar a sua reforma ou alcançar os seus outros objectivos de investimento.


Impacto nas despesas

Pode olhar para a inflação a partir de dois ângulos diferentes, mas, de qualquer forma, esta tem um grande impacto sobre quanto dinheiro precisará de pagar para as suas despesas futuras.

O gráfico abaixo mostra o efeito de 25 anos de inflação sobre o poder de compra e preços.

Frente do gráfico

A inflação sobre o poder de compra e preços

Conforme o gráfico indica:

Uma forma de olhar para a inflação é como a erosão do poder de compra ao longo do tempo. Alguma vez ouviu alguém dizer, "$100 já não chega para aquilo que era costume?" Essas pessoas estão certas. Assumindo uma inflação de 3%, em 25 anos $100 só comprarão o equivalente àquilo que $47,76 compra nos dias de hoje. Se assumir uma inflação de 5%, esse número é ainda mais reduzido para $29,53.

A segunda maneira de olhar para a inflação é como o crescimento dos preços. Uma camisola que compra hoje por $100 custaria $209,38 em 25 anos, assumindo uma inflação de 3%. Poderia até custar $338,64 com uma inflação de 5%. Qualquer que seja a forma como vê a inflação, o seu impacto sobre os preços e o poder de compra é significativo ao longo do tempo e a sua carteira deve ser construída com a inflação em mente.

Embora a média da inflação tenha sido de 3% ao ano ao longo dos últimos 25 anos, os preços de alguns itens têm escalado ainda mais rapidamente. O preço da gasolina subiu 5,2% anualmente nos últimos 25 anos. Dependendo do tipo de coisas em que gastará dinheiro no futuro, poderá ter que analisar estimativas de inflação mais detalhadas para compreender inteiramente o seu impacto sobre as suas despesas.


Impacto sobre os retornos

Visto que reduz o poder de compra do seu dinheiro, a inflação reduz drasticamente os retornos efectivos dos seus investimentos.

O gráfico abaixo mostra os retornos médios anuais de acções, obrigações e liquidez para o período de 25 anos de 1989 a 2013, antes e depois da inflação.

Traseira do Gráfico

A inflação reduz drasticamente os retornos do investimento

Conforme o gráfico indica:

Embora o retorno após a inflação das acções a 7,4% seja muito respeitável, este é bastante inferior ao retorno antes da inflação de 10,3%.

Por outro lado, o retorno razoavelmente impressionante de 3,7% investimento equivalentes a dinheiro antes da inflação é reduzido para um escasso retorno real de 1,0% assim que a inflação é contabilizada.

A liquidez tende a manter o seu valor em sobre os retornos nominais ano após ano. Mas assim que contabiliza a inflação, a liquidez tem tido retornos negativos em nove dos últimos 25 anos — mais retornos negativos do que em acções ou obrigações.

Investing involves risk including loss of principal. The opinions presented are those of Kate Moore, Chief Equity Strategist, as of September 9th, 2016 and may change as subsequent conditions vary. Individual portfolio managers for BlackRock may have opinions and/or made investment decisions that may, in certain respects, not be consistent with the information contained in this presentation. This is not intended to be relied upon as a forecast, research or investment advice, and is not a recommendation, offer or solicitation to buy or sell any securities or to adopt any investment strategy. The information and opinions contained in this presentation are derived from proprietary and nonproprietary sources deemed by BlackRock to be reliable, are not necessarily all inclusive and are not guaranteed as to accuracy. There is no guarantee that any forecasts made will come to pass. Reliance upon information in this material is at the sole discretion of the viewer.

©2016 BlackRock, Inc. All Rights Reserved. BLACKROCK, BLACKROCK SOLUTIONS and iSHARES are registered trademarks of BlackRock, Inc. All other trademarks are those of their respective owners.