O que é um Fundo de cobertura?

  • Os fundos de cobertura são “pools” privados de capital de investimento com flexibilidade para comprar ou vender uma grande variedade de activos.
  • Eles procuram lucrar com as ineficiências do mercado, ao invés de dependerem puramente do crescimento económico para impulsionar os retornos.
  • Não há um “tamanho único para todos” e os tipos de estratégias de investimento seguidas pelos fundos de cobertura individuais são extremamente diversificados.

Como um grupo, os fundos de cobertura são “pools” de capital de investimento que têm a flexibilidade para aplicar uma vasta gama de estratégias de negociação nos mercados tradicionais e não tradicionais. Devido à sua versatilidade, os fundos de cobertura podem dar diversificação a uma carteira que é difícil de encontrar noutro lugar. No entanto, o outro lado de se ter todas estas opções é que os fundos de cobertura dependem mais da competência do gestor do que do desempenho do mercado para gerar retornos. É por isso que a diferença entre os fundos de cobertura com melhores e piores desempenhos é muito maior do que com os investimentos tradicionais, tornando a escolha do gestor de investimento certo ainda mais crítica.

Como é que os fundos de cobertura podem optimizar a diversificação?

Criar uma carteira realmente eficiente depende da conjugação de investimentos que respondam aos acontecimentos de mercado de forma diferente. O potencial de diversificação oferecido pelos fundos de cobertura provém de:

  • Um amplo conjunto de oportunidades e menos restrições sobre os investimentos que permitem mais oportunidades para descobrir os investimentos que são menos correlacionados.
  • Menos dependência da direcção do mercado, o que pode ajudar a minimizar a volatilidade.
  • Estratégias de negociação que procuram as ineficiências do mercado, onde os gestores altamente qualificados podem adicionar um valor significativo ao longo do tempo.

Os fundos de cobertura aumentam a eficiência da carteira

Nem todos os fundos de cobertura são criados de forma igual

Comparativamente com os investimentos em acções e obrigações mais tradicionais, tem-se registado uma maior amplitude entre os fundos de cobertura com os maiores e menores retornos. O gráfico abaixo mostra os números para o período de 2002 a 2012, onde a amplitude foi de 38,9% para fundos de cobertura, em comparação com 11,0% para os fundos centrais de grande capitalização e 4,6% para os fundos de títulos de dívida pública dos Estados Unidos. Esta grande variação nos retornos dos fundos de cobertura faz com que a cuidadosa selecção de gestores e fundos específicos seja crucial.

Diferença enorme entre os bons e os maus gestores de fundos de cobertura

O que se deve considerar ao escolher

Escolher um gestor com base no seu passado histórico é um dado adquirido, mas existem outros factores a considerar que são, indiscutivelmente, tão importantes:

  • Objectivo do investimento. O que está a tentar alcançar com este investimento (ou seja, baixa volatilidade, melhores retornos, menos correlação com outros investimentos)?
  • Estrutura. Está a procurar seleccionar um único gestor / estratégia de fundo para construir a sua própria atribuição a fundos de cobertura ou está a procurar seleccionar um fundo de fundos para gerir uma atribuição por si?
  • Equipa. Qual é a composição da equipa de investimento em termos de diversidade, experiência e histórico e da cultura da organização global?
  • Gestão de risco. A gestão de risco é uma função independente que fornece verificações e balanços para o processo de investimento?
  • Operações. O fundo tem uma sólida infra-estrutura operacional apoiada por grupos de apoio dedicados (ou seja, jurídico, tecnologia, devida diligência) para permitir que a equipa de investimento se concentre apenas no investimento?

Estratégias de fundo de cobertura: Definido pela área de foco

Na nossa opinião, as estratégias de fundo de cobertura podem ser categorizadas por área de foco e quer elas procurem gerar retornos razoavelmente estáveis independentemente do ambiente de mercado, quer procurem capitalizar os movimentos nos mercados subjacentes. Algumas das estratégias de fundo de cobertura mais reconhecidas são:

  • Longa/Curta. Envolve a compra e/ou venda de acções ou títulos de crédito que se considera serem significativamente apreçados acima ou abaixo pelo mercado.
  • Futuros geridos. Investe em vários mercados de futuros globais e assume posições longas e curtas em activos, tais como produtos agrícolas ou metais preciosos.
  • Macro global. Considera as opiniões sobre a direcção dos mercados e procura lucrar a partir de alterações nos mercados de valores mais amplos, taxas de juros, taxas de câmbio e preços das mercadorias.
  • Em apuros. Compra títulos de empresas que estão a passar por uma reestruturação e tenta lucrar com os títulos, uma vez que a reestruturação esteja concluída.
  • Multi-estratégia. Flexibilidade para investir em múltiplas estratégias de fundo de cobertura num determinado momento.

Incorporando investimentos alternativos em um portfólio apresenta a oportunidade para perdas significativas. Além disso, alguns investimentos alternativos passaram por períodos de extrema volatilidade e, em geral, não são adequados para todos os investidores.

Investir em estratégias alternativas, como uma estratégia longa / curta, apresenta a oportunidade para perdas significativas. Há também a possibilidade de que as estratégias longos e curtos podem ambos falhar, aumentando assim a volatilidade e perdas potenciais.

Comparado a um único portfólio tradicional longo , o potencial de volatilidade (em comparação com o mercado eo valor de referência de fundos) pode ser maior dada a exposição a longo fundos adicionais juntamente com a sua exposição curta.

Os fundos de hedge pode não ser adequado para todos os investidores e muitas vezes se envolvem em práticas de investimento especulativo, que aumentam o risco de investimento; são altamente ilíquidos ; não são obrigados a fornecer preços periódicas ou da avaliação; pode não estar sujeito às mesmas exigências regulatórias como fundos mútuos; e muitas vezes empregam estruturas tributárias complexas.

Utilizando private equity envolve riscos significativos, juntamente com a possibilidade de perdas substanciais.

Diversificação e alocação de ativos pode não proteger contra o risco de mercado ou a perda de capital.

Carefully consider the Funds' investment objectives, risk factors, and charges and expenses before investing. This and other information can be found in the Funds' prospectuses or, if available, the summary prospectuses which may be obtained visiting the iShares ETF prospectus pages. Read the prospectus carefully before investing. Investing involves risk, including possible loss of principal.

Prepared by BlackRock Investments, LLC, member FINRA

* Not FDIC Insured * No Bank Guarantee * May Lose Value