Guia de ETFs para investidores institucionais

Capital em risco. Todos os investimentos financeiros envolvem um elemento de risco. Assim, o valor do seu investimento e o rendimento daí obtido serão variáveis, e o montante inicial investido não pode ser garantido

 


Os investidores institucionais na Europa estão a usar ETFs (fundos listados em bolsas) como soluções inovadoras e ferramentas eficientes para aceder a todos os tipos de ativos. Este guia de ETFs para o investidor institucional destaca ferramentas exclusivas e tendências de investimento para ajudar os investidores a analisar e gerir os seus investimentos em ETFs.

Tendências de investimento que impulsionam a adoção de ETFs na Europa

Com base nos resultados da investigação da Greenwich Associates sobre ETFs na Europa, 2018.
As instituições estão a adotar smart beta ETFs
31% estão a usar ETFs Smart Beta, um aumento de 26% em relação ao ano anterior.
O uso de ETFs de rendimento fixo está a expandir-se rapidamente
59% planeiam aumentar a afetação de ETFs de rendimento fixo em resposta aos crescentes desafios de liquidez
As instituições estão a usar ETFs em conjunto com derivativos
No ano passado, 47% dos clientes institucionais substituíram derivados, como futuros, por ETFs.
A crescente procura por ETFs com critérios ISR
46% dos investidores institucionais planeiam aumentar a sua afetação para as estratégias de ISR.