O MODELO BLACKROCK

Construir carteiras melhores

08 ago 2018
por BlackRock Investment Institute

Está na hora de os investidores pararem de pensar em termos "ativos versus passivos". A abordagem tradicional da construção de carteira parece ultrapassada. Os investidores devem procurar fontes de rendimento variadas de forma económica, dependendo dos seus objetivos e restrições.

Destaques

Saiba o que está a comprar: Os investidores precisam de distinguir entre rendimentos alfa, de mercado amplo e de fator por dois motivos principais. Primeiro, a distinção é necessária para permitir que os investidores afetem a oportunidades alfa genuínas, dentro e entre classes de ativos (por exemplo, afetação de ativos táticos). Em segundo lugar, a clareza nas fontes dos rendimentos da carteira ajuda a garantir que os investidores mantêm os seus objetivos estratégicos, permitindo-lhes contabilizar totalmente as exposições a fatores em blocos de construção de carteira subjacentes.

Veja a imagem completa: "Ativo em X, passivo em Y" é demasiado simplista. Uma combinação baseada nos objetivos e restrições do investidor é preferível - não há uma resposta única para todos. A combinação de gestores que procuram alfa com estratégias de indexação e de fator deve ocorrer num nível de carteira em vez de classe de ativo por classe de ativo - deve ser feita uma abordagem holística. Estratégias que procuram alfa com alfa de maior expetativa - líquido de taxas - não devem ser descartadas quando também contribuírem para exposições significativas de mercado e fatores, já que estas exposições podem ser contabilizadas.

Tempo é dinheiro: O que importa são os rendimentos líquidos de custos. No entanto, as taxas de produtos variam muito de acordo com o cliente e com o tempo. Os custos de governança para encontrar e monitorizar gestores que procuram alfa podem também ser consideráveis. Muitos investidores têm recursos limitados para estas atividades. É por isso que os investidores precisam de se perguntar: Tenho a habilidade e capacidade de pesquisa para supervisionar a seleção dos gestores que procuram alfa com melhor desempenho? Os investidores com um orçamento de governança limitado podem optar por supervisionar apenas alguns gestores que procuram alfa - ou até mesmo manter toda a sua carteira em produtos indexados.

Resumo

O nosso trabalho empírico mostra porque é importante ter visibilidade das fontes de rendimento. Identificamos diversas oportunidades de alfa em classes de ativos. Acreditamos que os investidores podem ser enganados observando apenas os rendimentos ativos e a necessidade de descobrir as exposições dos fatores incorporados neles. Os investidores podem então decidir se mantêm as exposições dos fatores ou se as corrigem. O nosso trabalho esclarece os rendimentos que estão a ser comprados em toda a carteira e maximiza a eficiência do orçamento de risco - uma prioridade num ambiente de baixo rendimento.

Estrutura de construção de carteira da BlackRock
Construção de carteira combinando estratégias que procuram alfa, fator e indexação

Estrutura de construção de carteira da BlackRock

Fonte: BlackRock Investment Institute, em julho de 2018. Notas: Este gráfico ilustra as visualizações da BlackRock sobre a melhor forma de combinar estratégias de alfa e de indexação numa carteira. Destina-se apenas a fins ilustrativos.

Jean Boivin
Global Head of Research, BlackRock Investment Institute
Jean Boivin, PhD, Managing Director, is Global Head of Research for the Blackrock Investment Institute and is a member of the EMEA Executive Committee.   His ...
Investment Head, BlackRock Model Portfolio Solutions
Global Head of Investments, BlackRock Client Portfolio Solutions