Skip to content
O MODELO BLACKROCK

Construir carteiras melhores

BlackRock Investment Institute |08 ago 2018

Está na hora de os investidores pararem de pensar em termos "ativos versus passivos". A abordagem tradicional da construção de carteira parece ultrapassada. Os investidores devem procurar fontes de rendimento variadas de forma económica, dependendo dos seus objetivos e restrições.

Destaques

Saiba o que está a comprar: Os investidores precisam de distinguir entre rendimentos alfa, de mercado amplo e de fator por dois motivos principais. Primeiro, a distinção é necessária para permitir que os investidores afetem a oportunidades alfa genuínas, dentro e entre classes de ativos (por exemplo, afetação de ativos táticos). Em segundo lugar, a clareza nas fontes dos rendimentos da carteira ajuda a garantir que os investidores mantêm os seus objetivos estratégicos, permitindo-lhes contabilizar totalmente as exposições a fatores em blocos de construção de carteira subjacentes.

Veja a imagem completa: "Ativo em X, passivo em Y" é demasiado simplista. Uma combinação baseada nos objetivos e restrições do investidor é preferível - não há uma resposta única para todos. A combinação de gestores que procuram alfa com estratégias de indexação e de fator deve ocorrer num nível de carteira em vez de classe de ativo por classe de ativo - deve ser feita uma abordagem holística. Estratégias que procuram alfa com alfa de maior expetativa - líquido de taxas - não devem ser descartadas quando também contribuírem para exposições significativas de mercado e fatores, já que estas exposições podem ser contabilizadas.

Tempo é dinheiro: O que importa são os rendimentos líquidos de custos. No entanto, as taxas de produtos variam muito de acordo com o cliente e com o tempo. Os custos de governança para encontrar e monitorizar gestores que procuram alfa podem também ser consideráveis. Muitos investidores têm recursos limitados para estas atividades. É por isso que os investidores precisam de se perguntar: Tenho a habilidade e capacidade de pesquisa para supervisionar a seleção dos gestores que procuram alfa com melhor desempenho? Os investidores com um orçamento de governança limitado podem optar por supervisionar apenas alguns gestores que procuram alfa - ou até mesmo manter toda a sua carteira em produtos indexados.

Resumo

O nosso trabalho empírico mostra porque é importante ter visibilidade das fontes de rendimento. Identificamos diversas oportunidades de alfa em classes de ativos. Acreditamos que os investidores podem ser enganados observando apenas os rendimentos ativos e a necessidade de descobrir as exposições dos fatores incorporados neles. Os investidores podem então decidir se mantêm as exposições dos fatores ou se as corrigem. O nosso trabalho esclarece os rendimentos que estão a ser comprados em toda a carteira e maximiza a eficiência do orçamento de risco - uma prioridade num ambiente de baixo rendimento.

Estrutura de construção de carteira da BlackRock
Construção de carteira combinando estratégias que procuram alfa, fator e indexação

Estrutura de construção de carteira da BlackRock

Fonte: BlackRock Investment Institute, em julho de 2018. Notas: Este gráfico ilustra as visualizações da BlackRock sobre a melhor forma de combinar estratégias de alfa e de indexação numa carteira. Destina-se apenas a fins ilustrativos.

Jean Boivin
Global Head of Research, BlackRock Investment Institute
Jean Boivin, PhD, Managing Director, is the Head of the BlackRock Investment Institute (BII). The institute leverages BlackRock’s expertise and produces proprietary ...
Lisa O’Connor
Investment Head, BlackRock Model Portfolio Solutions
Simona Paravani-Mellinghoff
Global Head of Investments, BlackRock Client Portfolio Solutions