Estratégias long/short

Devo investir em estratégias long/short?

No actual ambiente de mercado volátil, uma tradicional estratégia apenas longa — em que o objectivo é comprar baixo e vender alto —poderá não lhe fornecer os retornos ou a diversificação de que precisa. Poderá conseguir optimizar a sua carteira adicionando estratégias alternativas como estratégias long/short.

 


Impacto sobre o risco de mercado

Visto que as posições curtas — em que vende o título primeiro, esperando recomprá-lo a um preço mais baixo — beneficiam dos movimentos do mercado na direcção oposta daqueles que beneficiam as posições longas, a combinação das duas pode ser utilizada para ajudar a reduzir o seu risco de mercado global.

O gráfico abaixo ilustra a exposição de mercado líquida de uma hipotética estratégia long/short.

Exposição de mercado líquida de uma hipotética estratégia long/short

Conforme o gráfico indica:

O lado "longo" de uma estratégia long/short é investido na forma tradicional — compra um título e vende-o posteriormente. Pode realizar um lucro quando o título aumenta em valor.

No lado "curto", "empresta" um título e vende-o imediatamente, esperando que o seu valor desça. Posteriormente, compra o título de volta por, assim o espera, um preço inferior, fecha a sua posição e guarda a diferença entre aquilo que recebeu quando o vendeu e aquilo que pagou quando o comprou de volta. Lucra com as descidas em valor do título.

Combinando estratégias longas e curtas numa carteira, pode reduzir a sua exposição de mercado líquida. Esta ilustração mostra uma exposição de mercado líquida de 20% — 90% de posições curtas subtraídas de 110% de posições longas —, mas a quantidade de exposição de mercado variará ao longo do tempo, consoante a estratégia.

 


Impacto sobre os retornos

Além de reduzir o risco, uma estratégia long/short pode ajudar a melhorar os retornos da sua carteira.

O gráfico abaixo utiliza um hipotético investimento de $10.000 para comparar os retornos das acções, obrigações e uma estratégia long/short durante o período de 15 anos de 1999 a 2013.

Comparação dos retornos de acções, obrigações e uma estratégia long/short durante 15 anos

Conforme o gráfico indica:

Um hipotético investimento de $10.000 em obrigações já teria crescido perto de $25.000 ao longo de 15 anos.

O mesmo investimento numa estratégia long/short teria triplicado ao longo dos 15 anos, crescendo para mais de $30.000. Visto que as carteiras “curtas” poderão conseguir lucrar num mercado em queda, as estratégias long/short poderão oferecer uma maior protecção face à descida do que as tradicionais carteiras “apenas longas”. Isto pode ajudar as estratégias long/short a funcionarem melhor ao longo do tempo.

 

BAIXAR

Explore mais conversas iniciantes
Mais pontos de conversação
Aborde as dúvidas dos seus clientes com os gráficos e os pontos de conversação específicos
Explore mais conversas iniciantes
Mais pontos de conversação Explore mais conversas iniciantes
Aborde as dúvidas dos seus clientes com os gráficos e os pontos de conversação específicos