Novos horizontes para private equity

28 fev 2019
por André Bourbonnais, Mark Wiseman

À medida que empresas sólidas buscam
capital estável de longo prazo e investidores procuram
exposição de longo prazo a empresas de qualidade, define-se
um cenário para uma abordagem nova e mais eficiente do investimento em private equity.

A maioria dos investidores institucionais utiliza, como principais geradores de retorno, uma combinação de ações negociadas em bolsa e investimentos alavancados em private equity com aquisição de controle. Uma vez que muitas empresas já não consideram nenhuma dessas formas de propriedade interessante, um grande grupo de empresas produtivas tornou-se de difícil acesso para os investidores.

Para investir nessas empresas, é necessário um novo modelo de propriedade privada.

  • Os fundos de buyout tradicionais têm tido um bom desempenho para investidores institucionais, mas sua estrutura com foco na saída está em desacordo com o objetivo de manter exposições de longo prazo.
  • Fundos de longo prazo podem, potencialmente, superar as dificuldades dos investidores, como custos de fricção resultantes do giro do portfólio, ao mesmo tempo em que se beneficiam de uma governança privada eficaz das empresas do portfólio.
  • Acreditamos que os veículos de longo prazo ficarão lado a lado com as ações negociadas em bolsa e os buyouts tradicionais, mas não os substituirão. Vemos os mercados de capital aberto como o lar da maioria das empresas de grande escala. Também prevemos que os buyouts continuarão recompensando gestores e investidores que consigam melhorar e revender empresas de forma consistente em um contexto altamente alavancado.

No contexto de bolsas de valores em contração e de um setor de buyout em amadurecimento, esperamos que cada vez mais empresas de primeira linha tornem-se propriedade de veículos privados de longo prazo, beneficiando tanto os investidores quanto as próprias empresas.

A transformação do cenário da propriedade empresarial

População de empresas de capital aberto e de capital fechado dos EUA

A transformação do cenário da propriedade empresarial

 

Fonte: BlackRock Investment Institute, com dados do U.S. Census Bureau-Statistics of U.S. Businesses; Droidge, Karolyi, e Stulz (1988-2012); Wilshire Associates (2013-2014).

Ativos de private equity sob gestão

Ativos de private equity sob gestão

 

Fonte: Preqin, 2018. Inclui capital não aplicado. Estratégias equilibradas investem em todas as fases de desenvolvimento. Total acumulado no ano em 31 de março de 2018.

Faça o download do relatório

Head global de Long Term Private Capital
Mark Wiseman
Head global de Active Equities e Chairman da BlackRock Alternative Investors