Construction image

FOCO EM SOLUÇÃO: A CONSTANTE EVOLUÇÃO DA CONSTRUÇÃO DE PORTFÓLIOS

Os mercados se adaptam aos acontecimentos globais e locais constantemente, reformulando também a forma de pensar e construir carteiras de investimento. É preciso entender que nem tudo o que funcionou no passado funcionará no futuro - é necessário nos adaptar.

  • Com tantas mudanças estruturais no mercado e novas formas de acesso aos mercados globais, é fundamental que os investidores brasileiros construam processos robustos de investimento para alcançarem esses mercados.
  • Conhecimento de mercado e um processo sólido de investimentos será a chave para um futuro financeiro mais saudável para os brasileiros.
  • O conceito de investimento sustentável está presente e permanecerá no longo prazo. Na BlackRock, acreditamos que o ESG (sigla para Environment, Social and Governance – Ambiental, Social e Governança) se tornou um fator de risco relevante que os investidores precisam levar em consideração ao criar carteiras.

São tempos desafiadores: uma economia global com baixas taxas de juros, que ainda enfrenta as consequências de uma crise sanitária, que por sua vez obrigou governos e bancos centrais a investirem mais em políticas monetárias. Não deve ser surpresa que, com o regime macroeconômico atual, a volatilidade disparou para diferentes classes de ativos, incluindo moedas. No entanto, acreditamos que essa volatilidade também traz oportunidades de investimento, visto que vemos uma maior dispersão dos retornos em diferentes classes de ativos.

CONSTRUÇÃO DE PORTFÓLIO

No Brasil, temos algumas similaridades com o que se vê no exterior, principalmente em decorrência da pandemia. A demanda dos investidores brasileiros, bem como a dos latino-americanos, tem sido muito direcionada para exposições internacionais, reflexo que se deu também pelo fácil acesso a produtos recentes do mercado, como BDRs e ETFs, que permitem ao investidor acessar mercados internacionais. E, de fato, a diversificação é uma estratégia importante para se proteger da volatilidade1.

No entanto, apesar de o acesso a novos produtos ser um ponto importante, a junção dos ativos ideais é o que faz a diferença nas carteiras de investimento. É preciso criar um portfólio racional, que combine todos os objetivos do investidor, resultando em uma solução eficiente e coerente, evitando exposição a riscos inesperados ou desconhecidos.

Além de ter acesso ao mercado internacional por meio dos BDRs de ETFs, é necessário estabelecer um processo de investimentos, que deve abranger a compreensão de vários inputs como visões de mercado, sinais de investimento e a interação geral entre diferentes mercados e classes de ativos. Também é necessário compreender claramente as necessidades e os objetivos que cada investidor procura alcançar com seus investimentos. Tornar-se especialista nos produtos disponíveis permitirá traçar estratégias mais robustas e apropriadas ao momento. Ao mesmo tempo, é importante manter a gestão de risco no centro da sua filosofia de gestão de portfólio.

Na BlackRock, as carteiras são construídas sob a ótica dos fatores de risco de investimento, o que é essencial para que carteiras multi-mercado (diversificadas) tenham desempenho em linha com as expectativas dos clientes. O processo é robusto e incorpora metodologias ao tanto sistemáticas quanto discricionárias. O principal objetivo é evitar riscos não intencionais e, ao mesmo tempo, ter um processo que funcione para diferentes ciclos de mercado. Por fim, estamos sempre avaliando nossos modelos, comparando-os com os cenários orientados para o mercado, para nos preparar para eventos inesperados.

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

A construção de um portifólio exige certa educação financeira, já que não se trata apenas de selecionar ações ou fundos, mas, sim, de entender como os diferentes componentes trabalham juntos. Por isso, a BlackRock preparou um Curso de Construção de Portfólio com diversos módulos para ajudar seus clientes a construir uma boa carteira de investimentos.

Acredito que a educação financeira também está no centro de todas as relações ligadas aos investimentos, desde o cliente final até o assessor e suas respectivas equipes de investimento. Ser capaz de fornecer mensagens simples e claras em torno do que as pessoas podem e devem fazer com seu dinheiro é a chave para desbloquear um futuro financeiramente mais estável. Somente depois que esses conceitos-chave são promovidos pelas empresas e compreendidos pelos clientes, chega-se ao momento em que uma estratégia de investimento ou portfólio adequado pode ser oferecido.

ESG

Na BlackRock, acreditamos que as considerações ambientais, sociais e de governança tornam-se cada vez mais uma etapa relevante da construção do portfólio. Além disso, do ponto de vista do investimento, é importante reconhecer que não se trata apenas dos valores dos clientes, mas sim do valor que podemos encontrar nas empresas mais comprometidas com o meio ambiente, seus stakeholders, inclusive funcionários e comunidades onde operam.

Trata-se de um novo padrão de consumo que estamos observando de perto, especialmente nas economias emergentes. É a internacionalização dos investimentos, que ganham exposição cada vez mais ampla a diferentes conjuntos de oportunidades fora dos mercados nacionais.

O ESG, inclusive, está sendo considerado como alicerce fundamental para soluções de investimentos novas ou tradicionais. Não à toa os investidores estão planejando dobrar as alocações para investimentos sustentáveis nos próximos cinco anos. Essa é uma mudança estrutural importante, com potencial para redefinir o mundo nas próximas décadas e está abrindo um campo totalmente novo de abordagem às carteiras e aos investimentos para o futuro.

Para a BlackRock, o ESG representa a consciência do que está acontecendo globalmente e esse comportamento reflete nos resultados. A adoção dos aspectos ESG pelas empresas também poderia ser acompanhada de desempenhos positivos e os investidores estão vendo esses retornos. Por este motivo, também, a sigla tem se mostrado tão relevante no mercado e representa uma grande evolução rumo a um novo padrão de investimento.

Saiba mais sobre a construção de portfólios:

Faça o download

Jorge del Valle
Head de Estratégia de Investimentos do Grupo de Estratégias e Soluções Multi-Asset (MASS) para América Latina da BlackRock