Panorama global semestral de 2020

Retomada da atividade

As economias estão retomando aos poucos, porém, em ritmos distintos. Estamos monitorando a evolução do vírus e a mobilidade da população. Quanto mais o início da retomada demorar, mais rupturas deverão surgir no sistema financeiro.

Avaliação assimétrica
Impacto da mobilidade e rigor da quarentena no setor de serviços, junho de 2020

Impacto da mobilidade e rigor da quarentena no setor de serviços, junho de 2020

 

Fontes: BlackRock Investment Institute, Oxford University e Google, com dados da Haver Analytics, junho de 2020. Observação: Este gráfico mostra o impacto que uma variação de 10 pontos, para cima ou para baixo, na mobilidade do consumidor e nas medidas de contenção provoca sobre o setor de serviços nos EUA, Japão, França, RU, Canadá, Espanha, Itália, Alemanha e Suécia. Utilizamos os dados do Google sobre varejo e atividade recreativa como pontuação de mobilidade e os dados da Oxford sobre o rigor da quarentena. “Rigor” significa aumento nas restrições da quarentena e menor mobilidade. Consideramos uma regressão em painel para medir o efeito da mobilidade no setor de serviços e como isso difere entre as fases de restrição e relaxamento.

Veja o nosso Panorama em gráficos

  • A mobilidade é fundamental para monitorar o choque do vírus. As métricas que avaliam o movimento das pessoas por meio de dados de localização de celulares podem auxiliar na identificação de comportamentos individuais. Elas estão mais fortemente ligadas à atividade econômica que o grau de severidade das quarentenas, conforme nossa análise.
  • Isso significa que a resposta das pessoas ao vírus é mais importante que as políticas governamentais, por si só. Também constatamos que restringir mobilidade e impor quarentenas têm maior efeito sobre os principais setores de serviços do que o relaxamento de tais medidas. Veja o gráfico acima.
  • O ritmo do retomada da atividade dependerá do grau de sucesso dos países em suprimir o vírus durante a reabertura. Nossa pesquisa sobre mobilidade sugere que o risco de novas ondas epidêmicas seria maior nos EUA, dentre os países desenvolvidos. A China está no limiar de uma reabertura econômica.
  • As implicações de longo prazo da pandemia sobre os investimentos envolvem a mudança de preferências sociais, ajustes setoriais, digitalização e realocação das cadeias globais de suprimento. As fontes de dados alternativas são fundamentais para lidar com esses desafios.

Conclusão
Consideramos que as medidas de mobilidade estão mais ligadas à atividade econômica do que o grau de severidade das quarentenas. Isso sugere que os investidores deveriam se concentrar na mobilidade, ao invés de observar apenas as determinações dos governos.

Implicação estratégica: Somos moderadamente favoráveis ao risco, o que expressamos em overweight para o crédito.

Implicação tática: Estamos pondo um fim aos underweights dos ativos cíclicos, com preferência pela Europa.

Nossos autores
Philipp Hildebrand
Vice Chairman
Jean Boivin
Managing Director, Global Head of Research for the Blackrock Investment Institute
Elga Bartsch
Managing Director, Head of Macro Research of the BlackRock Investment Institute
Mike Pyle
Chief Investment Strategist, BlackRock Investment Institute
Scott Thiel
Chief Fixed Income Strategist