Ao topo

Sair dos
investimentos
de caixa

Os brasileiros mantêm dois terços de seu portfólio em caixa, redução desde 2015. Um terço é mantido para poupança de longo prazo ou para uma oportunidade de investimento, dinheiro que poderia ser aplicado de melhor forma.

Chart: Motivos para os brasileiros manter caixa.

Enquanto a maior parte dos recursos são mantidos em dinheiro para necessidades imediatas, um terço deles é mantido para oportunidades futuras

Dois terços (64%) dos portfólios dos brasileiros estão alocados em caixa, caindo para 54% entre os de alta renda e com consultores. Por que a maioria das carteiras é mantida em dinheiro? Os brasileiros sentem que a maior parte do dinheiro que possuem é necessária para despesas imediatas ou emergências (57%), mas um terço (34%) é mantido para poupança de longo prazo ou uma oportunidade de investimento - dinheiro que poderia ser melhor aproveitado.

A maioria dos brasileiros considera aplicar o dinheiro

Para entender o por que da alta porcentagem em caixa nos portfólios, perguntamos se eles consideravam mudar parte do dinheiro em caixa. Um terço (30%) estão ativamente considerando, e cerca de metade (45%) está passivamente considerando. O Brasil tem o menor número de rejeição da América Latina.

% de brasileiros que considera mover seu dinheiro ou conta de poupança para investimentos. % de brasileiros que considera mover seu dinheiro ou conta de poupança para investimentos.
% de brasileiros que considera mover seu dinheiro ou conta de poupança para investimentos.
% de brasileiros que considera mover seu dinheiro ou conta de poupança para investimentos.

Aceitar e entender o risco incentivaria o investimento

75% dos brasileiros consideraram investir parte do caixa no último ano. Os fatores mais comuns que os ajudariam a ir em frente e investir envolvem aceitar e compreender os riscos. Por exemplo, garantir que o capital esteja protegido e informações que levem a um claro entendimento dos riscos motivariam os brasileiros a investir, mais do que o desempenho passado de um investimento motivaria.

Chart: Fatores que elevariam a confiança para dar um passo além dos investimentos em caixa.

Chart: Motivos para considerar sair dos investimentos em caixa.

Oportunidade para investir com o caixa separado para poupança e investimento

Os brasileiros mantêm caixa por vários motivos, sendo as despesas mensais o principal deles, além de emergências e/ou circunstâncias imprevistas e despesas futuras. 34% do caixa dos brasileiros também são mantidos para poupança de longo prazo ou uma oportunidade de investimento. Com esses ativos, os brasileiros podem investir em seu futuro. Investimentos em caixa são motivados para se preparar melhor para a aposentadoria.


Aversão a risco e falta de conforto com investimentos levam à hesitação

25% dos brasileiros não estão considerando a ideia de transferir mais caixa para investimentos. Essas pessoas têm praticamente todo o seu portfólio em caixa – 84%. O motivo mais comum é que elas acreditam ter pouco caixa para o investimento, mas o segundo e o terceiro motivos mais comuns são aversão a risco e falta de conforto com investimentos; quem não considera fazer isso preferiria manter o dinheiro em caixa como segurança. Educação e consultoria financeira poderiam ajudar.

Chart: Barreiras para sair de investimentos em caixa.

Comece agora

As principais barreiras para se reduzir a alta concentração de dinheiro nos investimentos são o risco e transparência. Um melhor conhecimento sobre os riscos nos investimentos - acompanhando dos benefícios de se investir a longo prazo - podem aumentar a confiança dos investidores.

Takeaway 1

Inicie a conversa

Veja as principais preocupações dos investidores, abordadas de diferentes maneiras.

Estratégias de baixa volatilidade

Reduza a volatilidade

A volatilidade impacta seus investimentos de longo prazo. Entenda como as estratégias de baixa volatilidade ajudam os investidores, mesmo quando o mercado está volátil.