3
Tornando-se investidores engajados: diversificando os investimentos

A alocação em caixa em excesso é uma constatação global da Investor Pulse que impacta os latino-americanos tanto quanto, se não mais, os outros decisores financeiros em todo o mundo.

Qual a diversificação nas carteiras dos latino- americanos? Quais são os seus principais recursos?

Possuir muito dinheiro em caixa limita a capacidade das pessoas de aumentar o próprio capital quando as taxas de juro estão baixas, como tem sido o caso na maioria dos mercados nos últimos anos.

Latino Americanos estão concentrados em dinheiro.

Para muitos há um vínculo emocional. Dinheiro parece seguro, familiar, conveniente e possui o conceito equivocado de que não perde valor.

Além disso, muitos latino-americanos não acreditam ter o suficiente para investir. Mesmo se tivessem, não sabem por onde começar, impedindo a exploração de outras opções e a diversificação do próprio capital.

Por que dinheiro é atraente para os latino-americanos.

A falta de familiaridade dos latino-americanos quanto a investimentos os impede de lucrar com o compromisso que possuem com suas finanças.

Considerando que apenas uma minoria dos decisores financeiros acreditam estar informados sobre como investir, uma grande maioria sente que tem o direito a um melhor acesso a informações para preencher a lacuna.

Como o conhecimento auxilia nas decisões de investimento na América Latina.

Os latino-americanos querem mais. Com um melhor acesso a informações, eles poderiam ser posicionados para tomar as medidas necessárias a fim de diversificar os seus ativos para além do dinheiro em caixa.