5
Consultoria e tecnologia: catalisadores e mudança

O que levou as pessoas a fazerem sua última compra de investimento? O catalisador mais importante foi as conversas com amigos ou família, ou discussões com um consultor financeiro profissional.

Cada vez mais, os latino-americanos complementam estas conversas com recursos e ferramentas digitais.

22% dos decisores financeiros usam consultores financeiros profissionais, e isso representa menos do que a média mundial.

Embora o uso de consultores seja baixo, 97% dos latino-americanos que utilizam estão "satisfeitos" ou "muito satisfeitos" com o serviço que estão recebendo, destacando o valor que a relação traz para eles.

Uso de Assessoria Financeira na América Latina

Os latino-americanos, de acordo com onde guardam a maioria de seus recursos, consultam amplamente consultores que trabalham para bancos privados ou comerciais.

Dado que os latino-americanos dependem do próprio banco, não é surpreendente que os bancos liderem o mundo em termos de pesquisa em seus próprios sites para fornecer orientação sobre suas decisões de investimento.

Ferramentas de aconselhamento Financeiro na América

A integração dos latino-americanos com a tecnologia e finanças vai além de operações bancárias on-line para incluir a pesquisa e análise de seus investimentos. A compra e venda digital de investimentos é menos comum. Liderados pelas preferências dos investidores mais jovens, os canais digitais serão importantes para educar e ajudar os investidores a tomarem melhores decisões.

A atividades realizadas online pelos Latino Americanos

O novo investidor digital não está se afastando da consultoria pessoal, mas utilizando a tecnologia como um complemento. Os investidores buscam a tecnologia e consultoria personalizada, não uma ou outra. Como sabemos disso? Entre os interessados em consultores-robôs e que não usam atualmente um consultor, 90% consideraria o uso de um consultor profissional no futuro.

O casamento entre a consultoria e a tecnologia é o futuro.