COMENTÁRIO SOBRE FATORES

Introdução a fatores macroeconômicos

08 nov 2016
por Andrew Ang, Ked Hogan, PhD

Fatores macroeconômicos são importantes em portfólios diversificados.

Nunca foi tão difícil investir quanto hoje, em meio a crescimentos de ganhos incertos e períodos de alta volatilidade de mercado. Para navegar por esses desafios, muitos investidores diversificam seus portfólios entre ações e títulos de dívida.

No entanto, mesmo um portfólio bem diversificado ainda pode estar exposto a um risco enorme, considerando a correlação historicamente elevada entre o desempenho de uma estratégia balanceada tradicional do tipo 60/40 e o dos mercados de ações. O problema é que uma coleção aparentemente não relacionada de ativos ainda pode estar exposta a fontes comuns de risco, tais como inflação, mudanças nas políticas de bancos centrais ou desaceleração da economia global. Com isso, a diversificação da qual os investidores precisam pode muitas vezes ser consideravelmente difícil de encontrar.

A boa notícia é que o investimento em fatores tem o potencial de apresentar uma diversificação mais eficaz, ajudando os investidores a atingir seus objetivos de investimento. Investir em fatores significa identificar e almejar com precisão impulsionadores de retornos abrangentes, persistentes e amplamente reconhecidos.

Pesquisas da BlackRock sugerem que mais de 90% dos retornos entre diferentes classes de ativos ao longo dos seis principais impulsionadores de retornos ou fatores podem ser explicados. Crescimento econômico, taxas reais e inflação são os impulsionadores de retornos mais importantes entre diferentes classes de ativos; crédito, mercados emergentes e liquidez também são impulsionadores importantes que precisam ser entendidos e geridos, sobretudo em períodos de crise. Em longo prazo, nossas pesquisas demonstraram que cada um deles proporcionou um retorno positivo devido ao seu risco adicional.

Crescimento econômico

Crescimento econômico

A recompensa por assumir o risco da incerteza econômica

Taxas reais

Taxas reais

A recompensa por assumir o risco de flutuações na taxa de juros

Inflação

Inflação

A recompensa por assumir o risco de variações da inflação

Crédito

Crédito

A recompensa por assumir o risco de inadimplência

Mercados emergentes

Mercados emergentes

A recompensa por assumir riscos políticos e soberanos

Liquidez

Liquidez

A recompensa por manter ativos sem liquidez

Esses seis fatores macroeconômicos são a base dos retornos de classes de ativos, e diversos fatores podem afetar classes de ativos individuais. Acreditamos que navegar nos mercados atuais requer uma combinação equilibrada desses fatores macro.

Andrew Ang, PhD
Head of BlackRock’s Factor Based Strategies Group and author of Asset Management: A Systematic Approach to Factor Investing
Ked Hogan, PhD
Head of Investments for BlackRock’s Factor-Based Strategies Group