A OPINIÃO DE ANDREW

Fatores em índices: além das médias
de mercado

03 mai 2018

The capacity of factor strategies appears large 

Criamos portfólios com investimentos indexados, supondo que a exposição desses investimentos é amplamente diversificada. Mas quantos fatores realmente fazem parte dos índices de mercado?

Para mim, é difícil comprar roupas em uma loja porque sou um pouco diferente da média. Segundo dados do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos EUA, o homem americano tem, em média, 1,80 m de altura, pesa 89 quilos e tem uma cintura de 102 cm.1 Esse homem médio tem algumas características, mas os atributos e as preferências de cada um são provavelmente diferentes. Não há nada de errado em estar na média. Na verdade, do alto dos meus 1,65 m, eu adoraria estar na média.

Os índices de mercado, usados como referência para investimento, representam a média. Como eles são baratos, transparentes e estão em veículos de investimento fáceis de usar, também podem servir de alicerce para nossos portfólios.

Mas, assim como o homem médio, o mercado tem uma certa configuração em sua exposição a fatores. Você pode ser diferente: talvez você queira uma combinação diferente de exposição a fatores em relação à média, talvez queira se especializar em menos fatores ou queira expressar uma visão otimista de um determinado fator. Em suma, talvez você não queira ficar na média.

Quais são os fatores no mercado?

Analisamos vários índices populares para descobrir sua exposição a fatores ao longo do tempo. Consideramos a exposição a cinco fatores de estilo: valor, tamanho, qualidade, momentum e volatilidade mínima. Descobrimos que muitos índices foram efetivamente expostos a apenas dois ou três fatores.2 Em especial, o S&P 500 é dominado historicamente por três fatores: valor, qualidade e momentum. E a exposição do mercado aos fatores muda com o tempo, assim como sua exposição a setores, indústrias e países.

Além da média

O que isso significa para um investidor? A verdade é que a soma das exposições de um índice de mercado amplo pode não ser a escolha certa para as necessidades de cada um. Os investidores podem cogitar adicionar fatores para criar uma combinação diferente.

Por exemplo, estes gráficos mostram que não houve praticamente nenhuma exposição a volatilidade mínima no S&P 500 entre 2010 e 2013. Com informações como esta, os investidores podem:

  • Adicionar um fundo de volatilidade mínima para diversificar mais e se proteger contra risco de queda
  • Adicionar um fundo multifatorial para equilibrar a exposição a fatores de longo prazo do mercado
  • Agregar um outro fator como inclinação moderada para expressar uma visão otimista, por exemplo

Conheça o que está em seu índice!

Os índices de mercado também têm fatores. O primeiro passo é saber quais fatores já estão nesses índices. Com essa informação, fica fácil criar um portfólio para buscar mais retorno, menos risco ou mais diversificação adicionando os fatores adequados de forma consciente. De fato, constatamos que aumentou recentemente a proporção de movimentos de índices que podem ser explicados por fatores, tornando a alocação e a análise de fatores ainda mais essencial.

Mas, o que eu queria mesmo era uma maneira de adicionar um fator de altura para que eu pudesse comprar um casaco sem precisar pedir um tamanho especial.

Andrew Ang
Head of Factor Investing Strategies
Andrew Ang, PhD, Managing Director, is Head of Factor Investing Strategies and leads BlackRock’s Factor-Based Strategies Group. Throughout his career, Dr. Ang’s ...